> Home > Catálogo<<Voltar
Mudar o tamanho da letra    
doido.jpg

O Doido da Garrafa
Crônicas
Autor: 
Edição: 1ª Edição
Formato: Impresso
Ilustração: Carlos Araujo
Faixa etária: A partir de 15 anos
Indicação: 1º Ano (EM), 2º Ano (EM), 3º Ano (EM)
Área: Ficção
Assunto: Crônicas
Dimensões do produto: 14,00 x 21,00 x 0,70
Número de páginas: 128
ISBN: 9788516090746
Código do produto: 12090746

Leitura indicada para:

Expedições Geográficas - 2ª Edição

Disciplina: Geografia (Expedições Geográficas 2016)

Volume/Ano: 7º Ano

Unidade/Capítulo: Expedição 02

Moderna Plus 2016

Disciplina: Produção de Texto (Moderna Plus 2016)

Volume/Ano: Volume Único

Unidade/Capítulo: Capítulo 11

Projeto Araribá

Disciplina: Português

Volume/Ano: 6º Ano

Unidade/Capítulo: Unidade 04

Projeto Araribá Plus

Disciplina: Português (Araribá Plus)

Volume/Ano: 8º Ano

Unidade/Capítulo: Unidade 02

Disciplina: Português (Araribá Plus)

Volume/Ano: 8º Ano

Unidade/Capítulo: Unidade 07

Disciplina: Português (Araribá Plus)

Volume/Ano: 9º Ano

Unidade/Capítulo: Unidade 05

Vereda Digital

Disciplina: Literatura (Vereda Digital 2018)

Volume/Ano: Volume Único

Unidade/Capítulo: Capítulo 26

Preço sugerido: R$ 53,00
Imagem em alta resolução
Projeto de Leitura - Material para o professor
Release
Envie por e-mail
Imprimir
Versão em e-pub
Sobre a obra

"Ele não era mais doido do que as outras pessoas do mundo, mas as outras pessoas do mundo insistiam em dizer que ele era doido. Depois que se apaixonou por uma garrafa de plástico de se carregar na bicicleta e passou a andar sempre com ela pendurada na cintura, virou o Doido da Garrafa. O Doido da Garrafa fazia passarinhos de papel como ninguém, mas era especialista mesmo em construir barquinhos com palitos." As doidices do cotidiano, as patologias amorosas e os labirintos do pensamento. O que é comum a todos e considerado anormal por muitos em crônicas construídas com palavras que, quando combinadas, causam voltas que se reviram e nos emocionam. Coisas de Adriana Falcão.

Sobre o autor
Adriana Falcão
Adriana Falcão nasceu no Rio de Janeiro, em 1960, mas passou boa parte de sua vida em Recife, onde se formou em arquitetura. Adriana nunca exerceu a profissão, mas com certeza usa suas habilidades arquitetônicas para criar as rocambolescas estruturas de suas histórias, sempre muito divertidas e influenciadas pelo folclore nordestino.

 
Você pode se interessar por
 
© Editora Moderna 2013. Todos os direitos reservados.