> Home > Catálogo<<Voltar
Mudar o tamanho da letra    
odiariodarua.jpg

O diário da rua
Autor: 
Formato: Impresso
Ilustração: Caeto
Faixa etária: A partir de 11 anos
Indicação: 6º Ano (EF2)
Área: Ficção
Assunto: Amizade, Autobiografia, Convivência social, Crianças especiais, Crítica social
Temas contemporâneos: Direitos da criança e do adolescente, Saúde, Educação em direitos humanos
Dimensões do produto: 16,00 X 23,00
Número de páginas: 64
ISBN: 8516039250
Código do produto: 12039250

Leitura indicada para:

Araribá Plus - 5ª edição

Disciplina: Geografia (Araribá Plus 2019)

Volume/Ano: 6º Ano

Unidade/Capítulo: Unidade 07

Expedições Geográficas - 2ª Edição

Disciplina: Geografia (Expedições Geográficas 2016)

Volume/Ano: 6º Ano

Unidade/Capítulo: Expedição 01

Disciplina: Geografia (Expedições Geográficas 2016)

Volume/Ano: 7º Ano

Unidade/Capítulo: Expedição 03

Expedições Geográficas - 3ª Edição

Disciplina: Geografia (ExpGeo3ed)

Volume/Ano: 6º Ano

Unidade/Capítulo: Expedição 01

Disciplina: Geografia (ExpGeo3ed)

Volume/Ano: 6º Ano

Unidade/Capítulo: Expedição 08

Projeto Araribá

Disciplina: Ciências

Volume/Ano: 8º Ano

Unidade/Capítulo: Unidade 08

Projeto Araribá Plus

Disciplina: Português (Araribá Plus)

Volume/Ano: 7º Ano

Unidade/Capítulo: Unidade 03

Preço sugerido: R$ 60,00
Imagem em alta resolução
Projeto de Leitura - Material para o professor
Release
Envie por e-mail
Imprimir
Prêmios

Prêmio FNLIJ Altamente Recomendável, 2003


PNBE incluído em 2005

Sobre a obra

Como vive uma criança de rua? É possível ter sonhos e brincar, vivendo em um cotidiano de abandono e violência? Autora e personagem deste diário, Esmeranda relata como, contando com alguma ajuda e um imenso amor à vida, conseguiu sobreviver.

Sobre o autor
Esmeralda Ortiz
Esmeralda Ortiz cresceu sem pai, em uma família muito pobre. Para sobreviver, pedia esmola nas ruas da cidade. Conviveu durante toda a infância com a violência e o vício. Sem poder freqüentar a escola, Esmeralda foi viver na Praça da Sé, em São Paulo. Quando tudo estava contra ela, Esmeralda se superou. Encontrou o apoio de pessoas que acreditaram em seu potencial. Também teve muita confiança em si mesma. Apostou na sua habilidade de escrever poesias, letras de samba e o livro em que conta sua história. Hoje ela é alegre, falante, passa o dia trabalhando com crianças no Projeto Aprendiz, e ainda arranja tempo para estudar.
Datas comemorativas
14 de julho - Dia mundial do livre pensamento
20 de julho - Dia da amizade
Você pode se interessar por
 
© Editora Moderna 2013. Todos os direitos reservados.