> Home > Novidades > Notícias > Diretor Pedro Cezar, mergulha na poesia de Manoel de Barros<<Voltar
Notícias
27 de Janeiro de 2011
Diretor Pedro Cezar, mergulha na poesia de Manoel de Barros

Ao retratar Manoel de Barros, o documentário “Só Dez por cento É Mentira”, de Pedro Cezar, empreende laboriosamente uma imersão em seu conteúdo poético.

 
O diretor buscou uma sintonia com o procedimento estético e ético de Manoel de Barros.
O documentário perscruta o ambiente em que Manoel Barros trabalha, o cenário pantaneiro em que se formou e os personagens que povoam seu imaginário.
 
Perfeita tradução cinematográfica da idéia de transfiguração poética das coisas do mundo.
 
Filme: Só dez por cento é mentira - em cartaz
Documentário sobre a vida e obra do poeta matogrossense Manoel de Barros.
 
Considerado um dos maiores poetas brasileiros, nasceu em 1916, em Cuiabá Mato Grosso. Mas somente aos oitenta e três anos escreveu seus primeiros poemas para o público infantil.
 
Confira os livros do autor em nosso catálogo:
 
noticia27-01

O Fazedor de amanhancer
Este livro é o registro da união de dois artistas, dois gênios, dois grandes homens que nunca deixaram de ser crianças. Ziraldo, o poeta da cor e da forma, e Manoel de Barros, o poeta da palavra, que pega infinito em antena de mosca, colhe flor lascada na pedra, entorta paisagens só para o amor caber nelas. Os poemas de Manoel de Barros - ele já disse mais de uma vez - não são para ninguém entender. São para a gente esfregar nos olhos, espreguiçar e acordar mais feliz. E quando Manoel escreve e Ziraldo ilustra, a poesia acorda toda arrepiada de Sol... e quem amanhece é o leitor.

 

 

 

 

noticia27-01 2

 Ecercícios de ser criança
Este é o primeiro livro infantil escrito pelo maior poeta da atualidade, Manoel de Barros, ilustrado com bordados das irmãs Ângela, Antônia, Marilu, Martha e Sávia Dumont, a partir dos desenhos de Demóstenes Vargas. São duas histórias: O menino que carregava água na peneira e A menina avoada. Nelas, Manoel descreve a maneira como as duas crianças brincam, mergulhando no universo infantil e revelando todo o lirismo que está por trás daquilo que nós, adultos, chamamos de ingenuidade. É um trabalho primoroso, de texto e de ilustração, que vai encantar e fazer crescer os pequenos leitores. É uma obra que fala direto ao coração da criança e da criança que há dentro de cada um de nós.

 


ComentáriosComentar
 
© Editora Moderna 2013. Todos os direitos reservados.